Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Isenção de PIS e Cofins para novos investimentos deve ser ampliada

A equipe econômica deve ampliar os benefícios da medida provisória (MP) que isenta novos investimentos do pagamento do PIS e da Cofins — batizada de MP do Bem — para empresas que exportam menos de 80% da produção. De acordo com o texto original enviado ao Congresso, este era o percentual mínimo exigido. No entanto, o relator da MP, deputado Custódio Mattos (PSDB-MG), que esteve reunido ontem com a equipe do Ministério da Fazenda, disse que a Receita Federal concordou em encontrar uma alternativa. A idéia, segundo ele, é acrescentar um dispositivo que permita às empresas que estão abaixo do teto mínimo fixado anteciparem a compensação dos créditos dos tributos. O prazo hoje chega a até quatro anos. Mattos afirmou que sugeriu um período de seis meses, mas a Receita ficou de fazer simulações e apresentar nova proposta ainda hoje.

Fonte: O Globo