Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Vigiagro assume falta de fiscais no cais no Porto de Santos

O principal problema do Serviço de Vigilância Agropecuária (SVA), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Porto de Santos é falta de gente para fiscalizar as cargas. A afirmação é do coordenador-geral do Programa de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), Oscar de Aguiar, que anunciou a realização de concurso público para contratação de mais pessoal ainda neste ano, sem, entretanto, precisar uma data.
Ao assumir a escassez de mão-de-obra para a defesa agropecuária no porto, Aguiar corrobora recente estudo divulgado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o setor.
‘Eu acredito que a gente vá reduzir muito a nossa deficiência operacional com a realização de concurso público’. Segundo Aguiar, em janeiro ou fevereiro do próximo ano entre 15 e 20 novos fiscais já devem estar atuando no posto do SVA no porto.
O número, entretanto, não é suficiente para suprir as necessidades do órgão. ??O ideal seriam mais 30 fiscais e outros 20 agentes (técnicos que dão apoio à fiscalização)??, explicou Aguiar ? o dobro do atual contingente que atua no cais santista. Enquanto isso não ocorre, o SVA do porto permanece dependendo de forças-tarefas para cumprir as normas de defesa agropecuária.

Fonte: Informativo dos Portos On Line