Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Palocci defende o câmbio flexível

O ministro previu ainda novas reduções nas taxas de juros nos próximos meses. O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, defendeu a taxa de câmbio flexível do Brasil, apesar dos protestos da indústria brasileira, que reclama da valorização do real em relação ao dólar. “O câmbio flutuante prestou muito serviço à economia brasileira”, disse o ministro em Washington, onde participou no final da semana da Assembléia anual do FMI e do Banco Mundial. Palocci reconheceu que a oscilação do câmbio pode criar “algumas dificuldades”, assim como oportunidades, mas destacou que a taxa de câmbio variável é muito útil, porque ajusta automaticamente a posição externa do País. “Os piores momentos foram nos quais o Brasil fixou sua taxa de câmbio.”

Fonte: Gazeta Mercantil