Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Pacote não fará dólar disparar

O pacote de medidas cambiais anunciado na semana passada pelo governo não vai fazer o dólar disparar, como gostariam os exportadores.
Reconhecendo que as medidas não são de curto prazo, o presidente da Funcex e diretor de Relações Internacionais e de Comércio Exterior da Fiesp, Roberto Giannetti da Fonseca, afirmou na última sexta-feira, que o pacote “não é solução mágica para levar o dólar a R$ 2,80”.
Em palestra para empresários promovida pela Amcham-RJ, Giannetti lembrou os quatro principais pontos do pacote, que prevê reduzir em cerca de US$ 20 bilhões a entrada de dólares do País. Na teoria, isso favoreceria a alta na cotação da moeda norte-americana o que, por sua vez, beneficiaria a rentabilidade das exportações brasileiras. “Uma das grandes perguntas é se o pacote cambial vai ter efeito na taxa de câmbio. Que vai ter algum efeito, vai. Mas vai ser levemente marginal”, afirmou.
Na avaliação de Giannetti, o pacote não resolve a “disparidade cambial que afeta a rentabilidade das exportações”. Para ele, enquanto os juros no Brasil estiverem em um nível elevado em relação ao mercado internacional, os investidores estrangeiros vão continuar a investir no País, já que juros altos proporcionam ganhos maiores. Assim, o fluxo de entrada de dólares vai continuar expressivo – cenário que derruba a cotação da moeda

Fonte: Diário do Comércio