Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Importação acelera e produção industrial cai

Desde o início do ano, a importação brasileira cresce com mais vigor que a produção industrial. No segundo trimestre, contudo, a diferença de velocidade cedeu lugar a um descompasso entre produção e importação. Enquanto mais da metade dos setores industriais registrou queda na produção, a importação cresceu de forma generalizada, apesar da greve dos fiscais da Receita Federal. O câmbio valorizado é o grande responsável pelo movimento, por baratear as importações e também prejudicar as exportações de alguns setores.
A produção industrial recuou em 15 dos 26 setores pesquisados pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Os dados da Funcex – Fundação Centro de Estudos do Comércio Exterior apontam queda da quantidade importada em 9 dos 28 setores, cerca de um terço. No primeiro trimestre do ano, a produção industrial recuou em nove setores, e a importação em cinco.

Fonte: Valor Econômico