Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Fiesp admite expansão de 5%, se juro cair para 6%

pode crescer a taxas de 4,5% a 5,0% ao ano já em 2007, mas para que isso aconteça será necessário realizar reformas e reduzir a taxa de juros para um patamar médio de 6% a partir do próximo ano. Essa é síntese do estudo “Brasil em Busca do Crescimento Econômico”, debatido por economistas, ontem, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). “Para crescer é preciso reduzir os juros, com isso trazer o câmbio para um patamar melhor, realizar reformas e apertar o cinto para dar mais espaço para o investimento público. Isso tudo pode ser feito ao mesmo tempo.” Para o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, é preciso “coragem”, por parte do governo, para encaminhar as mudanças necessárias ao crescimento da economia.

Fonte: Gazeta Mercantil