Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Exportação de serviço sobe mais que a de bens

As exportações brasileiras de serviços crescem há dois anos acima das de bens e atingiram no ano passado US$ 18 bilhões, alta de 21% em relação a 2005. Os dados são do Panorama do Comércio Internacional de Serviços, que será publicado neste mês pelo MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).
Apesar da expansão, o Brasil ficou com uma fatia de apenas 0,7% do comércio internacional de serviços, segundo cálculo do ministério. O país melhorou sua posição no ranking de exportadores, depois de ficar estacionado no 35º lugar desde o início da década. Em 2006, saltou para o 30º lugar, mas ainda está distante de China, Índia e Rússia, os outros três integrantes do grupo batizado de Brics.

Fonte: Folha de São Paulo