Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Estados exportadores perdem compensação

Pressionado pela equipe econômica, o relator-geral do Orçamento de 2006, deputado Carlito Merss (PT-SC), decidiu reduzir de R$ 5,2 bilhões para R$ 3,4 bilhões o valor reservado neste ano para compensar os estados exportadores pela isenção do ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços aos produtos exportados. O principal prejudicado é São Paulo, que hoje fica com cerca de 25% dos recursos.
O endurecimento com os governadores foi compensando com a liberação de um volume recorde de dinheiro para projetos orçamentários propostos por deputados e senadores – as chamadas emendas parlamentares.

Fonte: Diário do Comércio