Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Decisões ficam para o ano que vem

A última tentativa de alinhavar um acordo entre Brasil, Estados Unidos, União Européia, Índia, Japão e Austrália apenas confirmou a enorme divergência entre exportadores e importadores agrícolas, a uma semana da conferência de Hong Kong que é considerada uma etapa decisiva para o futuro das negociações da Rodada Doha da OMC – Organização Mundial do Comércio.
Até a data para eliminar subsídios à exportação de produtos agrícolas, que quase todo mundo concorda que deve ser por volta de 2010, ficou para ser decidida no ano que vem. Em Hong Kong, deve ser aprovado basicamente um pacote para as nações mais pobres, para exportarem livres de tarifas. No mais, haverá acertos “nas margens”, nada de concreto e nem nas questões centrais (agricultura, produtos industriais e serviços), na avaliação do ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

Fonte: Valor Econômico