Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Carga retida pela greve de fiscais já soma US$ 450 mi

O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) calcula que o volume de cargas retidas no Porto de Santos e nos aeroportos de Cumbica (Guarulhos) e Viracopos (Campinas) por causa da greve dos auditores fiscais já soma US$ 450 milhões. Na semana passada, esse número estava em US$ 350 milhões, destaca o diretor da entidade, Ricardo Martins, ressaltando que o valor se refere às associadas. Segundo ele, apesar da liminar obtida pela entidade, cerca de 20% das empresas associadas (ou 150 companhias) continuam com problemas para retirar o material importado, o que tem prejudicado várias linhas de produção. Ele afirmou que até ontem 750 indústrias já haviam retirado cópia da liminar obtida pelo Ciesp para liberar cargas em Santos, Viracopos e Cumbica. A situação mais complicada, diz ele, está no porto, onde os direitos não estão sendo respeitados. Apesar disso, as empresas preferem não aparecer para evitar represálias.

Fonte: O Estado de São Paulo