Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Servidores preparam paralisação

Conforme deliberação da última plenária dos servidores públicos federais, ratificada pelos AFRFs na Assembléia Nacional realizada semana passada, paralisaremos nossas atividades na próxima quarta-feira, dia 18 de maio. Neste dia, os servidores realizarão atos de protesto contra a política econômica do governo e em favor de uma valorização salarial para os servidores. Também reivindicaremos um reajuste emergencial no percentual de 18% a título de antecipação das perdas acumuladas de 1995 a 2005 (mais de 127%).

Nas manifestações, mostraremos à sociedade a importância da valorização dos servidores para garantir um serviço público de qualidade, bem como para fortalecer o próprio Estado. Ao contrário do que apregoam os defensores do mercado, que insistem na tecla de que a administração pública federal precisa reduzir seus gastos com funcionalismo, mostraremos que a política do Estado mínimo é a responsável pela precariedade das escolas e da saúde pública.

Infelizmente, a política econômica do atual governo tem privilegiado o cumprimento das metas de superávit primário, sacrificando a destinação de recursos para os gastos sociais, investimentos e para a remuneração dos servidores, discriminando especialmente aposentados com a quebra da paridade e a cobrança de contribuição previdenciária.

Vamos às ruas para mostrar que a política do governo é equivocada e para exigir uma resposta à nossa pauta de reivindicação, já entregue ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. É importante que os AFRFs participem das manifestações que serão realizadas no próximo dia 18. Precisamos mostrar para a sociedade nossa insatisfação com uma política governamental que desvaloriza o serviço público e prejudica a população.

Fonte: UNAFISCO