Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

País não cresce além de 3,8%, diz Delfim

O Brasil deve crescer no máximo 3,8% neste ano, e não os 4,2% esperados, na previsão do deputado federal Antonio Delfim Netto (PMDB-SP). “É preciso entender que os juros serão sempre fator de impedimento de um crescimento robusto da economia brasileira”, afirmou o economista, durante o 3º Fórum de Economia da Fundação Getúlio Vargas. Delfim acredita ser um milagre o fato de o Produto Interno Bruto (PIB) conseguir crescer 3,5% ao ano, com os maiores juros reais do mundo (10%). “O Brasil tem pele dura”, afirmou.
O deputado criticou a teoria do PIB potencial, de quanto o País pode crescer sem causar inflação. “O País vive sob mitos, o BC acha que o Brasil não pode crescer mais que 3% sem acelerar a inflação”, disse Delfim.”Isso é uma falácia, não se descobriu um modelo que diga isso.”

Fonte: O Estado de São Paulo