Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Não há inflação de demanda, diz Furlan

O ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, afirmou que não existe uma inflação de demanda no país. Para o ministro, essa é uma “variável importante” que deve ser considerada na “equação” da taxa de juros do país. “Praticamente qualquer produto que se queira comprar, no Brasil ou no exterior, está disponível sem dificuldades”, disse Furlan. Com os índices de inflação em queda, existe uma expectativa do setor produtivo de que o Banco Central comece a baixar as taxas de juros do país no segundo semestre. De acordo com Furlan, uma evidência de que não há uma inflação de demanda no país é a relatividade estabilidade das importações brasileiras, mesmo com a valorização do real. “É surpreendente que as importações estão crescendo abaixo do esperado, apesar do câmbio”, afirmou o ministro. “Se houvesse uma inflação de demanda, as importações estariam crescendo, aproveitando o preço unitário menor”, completou. As importações brasileiras aumentaram apenas 1,2% em julho ante junho, segundo a Secretaria de Comércio Exterior.
Valor Econômico

Fonte: Valor Econômico