Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Indústria pede pressa com as salvaguardas

Desde que governo federal regulamentou a aplicação de salvaguardas (medidas provisórias de protecionismo em caso de prejuízo à economia local) contra as importações de produtos chineses, em outubro de 2005, a Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo encabeçou 13 pedidos, alguns deles enviados ao Mdic – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior há quase quatro meses. Mas, apesar da pressa do setor privado, o governo brasileiro até o momento não abriu nenhum processo e informa que os prazos legais sequer começaram a contar.
De um lado, os sindicatos e associações de classe requerentes questionam o tempo necessário para o Mdic tomar uma decisão quanto à abertura dos pedidos de salvaguardas. Em contrapartida, o Decon – Departamento de Defesa Comercial do Ministério defende-se alegando que “os negociadores estão cumprindo os procedimentos necessários, sigilosos, de acordo com a OMC – Organização Mundial do Comércio ”.

Fonte: Diário do Comércio e Indústria