Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Falta de fiscais dificulta ação de controle sanitário

Para o setor de navegação, “a iniciativa da Codesp de ter um plano de combate aos ratos é absolutamente necessária”, diz José Eduardo Lopes, presidente do Sindicato das Agências de Navegação Marítima (Sindamar). “A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) checa toda a parte de sanidade dos navios, mas os riscos procedentes da terra continuam. Um tripulante contraiu a dengue aqui e um comandante reclamou da subida de ratos pelo cabo do navio. Isso causa até problemas contratuais com a carga fretada e depõe contra o porto”, assinala Lopes. Para fumigar um navio, o custo vai de R$ 2 mil a R$ 2,5 mil, enquanto para atualizar um certificado de sanidade, o custo da Anvisa é de R$ 1 mil, informa o presidente do Sindamar.

Fonte: Valor Econômico