Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish

FIQUE POR DENTRO

Alencar volta a atacar a Selic

O vice-presidente da República, José Alencar, voltou a criticar a taxa de juros brasileira, afirmando que ela é “objeto de decisão governamental”. Segundo ele, nos primeiros três anos do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva o País gastou R$ 430 bilhões com a rolagem da dívida pública.
“Nos quatro anos do mandato devemos alcançar R$ 600 bilhões (para rolagem da dívida)”, disse Alencar, que participou de evento na sede da CNI – Confederação Nacional da Indústria.
Ele afirmou que, mesmo se o juro nominal fosse metade do atual, ainda assim estaria entre as maiores taxas reais (descontada a inflação) do mundo. A taxa básica de juro, a Selic, está atualmente em 14,75% ao ano. Alencar disse ainda que a condução da política monetária no governo Lula foi influenciada pela necessidade de reduzir a inflação. “A responsabilidade fiscal tem sido levada muito a sério, tanto que a inflação está dominada. Agora, é tempo de o Brasil crescer.”

Fonte: Diário do Comércio